Publicado en línea el Martes 8 de septiembre de 2020, por InfoMoney

SÃO PAULO – O laboratório chinês Sinovac Biotech disse na segunda (7) que os testes preliminares de sua vacina contra a Covid-19 mostraram que ela parece ser segura para pessoas mais velhas. Porém, as respostas imunológicas induzidas pelo medicamento em idosos foram moderadamente mais fracas do que em adultos jovens.Os resultados do estudo são de participantes testados nas fases 1 e 2 do ensaio, cujas conclusões ainda não foram publicadas.A vacina está sendo testada no Brasil na sua fase 3 em parceria com o Instituto Butantan, ligado ao governo de São Paulo. O governo do estado afirmou que o laboratório pode produzir até 45 milhões de doses ainda nesse ano.

Liu Peicheng, representante de mídia de Sinovac, disse em entrevista à agência de notícias Reuters que a vacina da companhia, chamada de CoronaVac, não provocou efeitos colaterais graves nos ensaios combinados de Fase 1 e Fase 2.Os testes começaram a ser realizadas em maio e envolveram cerca de 421 participantes que possuíam pelo menos 60 anos.Ainda segundo os resultados, dos três grupos de participantes que tomaram, respectivamente, duas injeções de CoronaVac de baixa, média e alta dose, mais de 90% deles experimentaram um aumento significativo nos níveis de anticorpos, enquanto os níveis foram ligeiramente mais baixos do que aqueles observados em indivíduos mais jovens, mas em “linha com as expectativas”, Liu disse em um comunicado.Além do Brasil, os testes de fase três da CoronaVac estão ocorrendo também na Indonésia. Esse é o estágio final de testes em humanos para avaliar se o medicamento é eficaz e seguro o suficiente para obter aprovações regulatórias para uso em massa.90% dos funcionários da Sinovac tomaram a vacinaCerca de 90% dos funcionários da Sinovac Biotech e suas famílias já tomaram vacina experimental contra o coronavírus desenvolvida pela empresa chinesa, afirmou o CEO da companhia. Avacinação dos funcionários chineses foi feita por conta do programa de uso de emergência da China, que permite que trabalhadores de serviços essenciais possam tomar vacinas experimentais.

A empresa ofereceu a sua vacina candidata para aproximadamente 3 mil funcionários e suas famílias, disse o CEO da empresa, Yin Weidong à Reuters. Segundo o executivo, adesão à vacinação teria sido voluntária.”Como desenvolvedor e fabricante de vacinas, um novo surto pode impactar diretamente nossa capacidade de produção”, disse Yin, explicando por que sua empresa foi incluída no programa de emergência.Yin ainda afirmou que, embora os dados coletados do programa com os funcionários da Sinovac possam oferecer evidências da segurança da vacina, tais informações, que não fazem parte dos protocolos de ensaios clínicos registrados, não serão usados pelos reguladores que revisam o uso comercial do medicamento.O CEO também disse que aqueles que escolheram ser vacinados, incluindo sua esposa e pais, foram informados dos possíveis efeitos colaterais antes de tomar a vacina, e que sua ela completou apenas os testes iniciais e intermediários.Yin, que diz também ter sido vacinado, afirmou que os médicos perguntaram sobre suas condições de saúde antes da vacinação e que a taxa de ocorrência de reações adversas entre os vacinados tem sido “baixíssima”.

Fonte: InfoMoney

The post Vacina da chinesa Sinovac é segura para idosos, embora menos eficaz do que em jovens, dizem resultados preliminares appeared first on Adital .


[ Imprimir este artículo ] [ Enviar a un amigo ] [ Ir a la cabecera ]
 

 
 

   APPS

   ASIA

   DEMOCRACIA

   DERECHOS HUMANOS

   DESARROLLO/GLOBALIZACIÓN

   DIÁLOGO NORTE-SUR

   ECOLOGÍA VS ECONOMÍA

   ENLACES - LINKS

   ESTADÍSTICAS

   EUROPA

   LATINOAMÉRICA

   OLVIDADOS POR LA HISTORIA

   SOLIDARIDAD

   TRIBUNA LIBRE



LISTA DE CORREO


�Desea participar al enrequecimiento de esta p�gina?

�Quiere denunciar alguna situaci�n?

Env�enos su art�culo a esta direcci�n de correo electr�nico:

   webmaster@respublicae.org

[ Mapa del sitio ] [ Ir a la cabecera ]

 


 
En la misma sección

Leer otros artículos :
« Le Calife », une production de la CIA entre fiction et réalité, par Manlio Dinucci
Yemen: Posible pena de muerte para 24 personas bahaíes, incluida una menor de edad
Argelia: Indignante condena a dos años de prisión contra el periodista Khaled Drareni
Consultations sur le crash du vol MH17 dans l’Est de l’Ukraine, le 17 juillet 2014
UE: Solicitantes de asilo deben ser trasladados de terribles condiciones en las islas
Rothschild et Goldman Sachs pratiquent la fraude et le blanchiment en Malaisie et ailleurs, par Alfredo Jalife-Rahme
El Salvador: Corte niega liberación a la mujer encarcelada después de un aborto espontáneo, un escandaloso paso hacia atrás por la justicia
05/07/16 - Las generaciones van y vienen
13/06/13 - El uso de fuerza excesiva contra manifestantes debe terminar
L’ancien chef d’état-major britannique dénonce la politique anti-Syrie

EN LA RED :
Il n’y a pas de crise pour l’Italie militaire dans l’Otan, par Manlio Dinucci
Biden et l’exploitation de la main d’œuvre chinoise, par Thierry Meyssan
Liens entre le FETÖ et le PKK (services de sécurité turcs)
Guerre en Libye
Israël relance sa recherche nucléaire
La prise du Capitole était un « inside job » (enquêteurs)
Le G7 donne le pouvoir à Bill Gates contre la Covid et relance la globalisation
Communiqué final des dirigeants du G7

[ Ir a la cabecera ]
 

Portada En breve Mapa del sitio Redacci�n


Respublicae.Org es un portal abierto que se nutre de los trabajos de muchos colaboradores ben�volos externos, de diferentes origen e ideolog�a. Por lo tanto, los administradores de este portal no se hacen responsables de las opiniones vertidas en los art�culos que aqu� se publican.
Copyright © RESPUBLICAE.ORG 2003-2007
Sitio web desarrollado con SPIP, un programa Open Source escrito en PHP bajo licencia GNU/GPL.
Dise�o © Drop Zone City & Respublicae.Org